Entrevistas

Carlos Clinger é o idealizador e apresentador do Heavy Metal Online, programa divulgado exclusivamente pela internet que traz coberturas de shows, entrevistas e muito mais. O Metal Clube conversou com Clinger para falar das suas ideias a frente do programa, além de debater a atualidade do cenário nacional.

 

"Nunca deixei de apoiar a cena de alguma forma"

 

Metal Clube - Você está envolvido no cenário do Metal há quase duas décadas, já produziu eventos e participou de zines ao longo do tempo. Como surgiu toda essa admiração com o Metal? Quais suas grandes referências?

 

Clinger Carlos - Sempre digo que nasci para o metal dentro da cena underground, conheci Iron Maiden, praticamente na mesma época que Morbid Angel, Deicide, e já no inicio dos anos 90 comecei a organizar eventos em minha cidade (Caratinga, interior de Minas), trazendo bandas importantes do estado como Divine Death, In Memorian, Misbeliever.

 

Então a partir daí começou toda esta paixão pelo underground, na verdade eu sempre freqüentei shows de bandas do mainstream do metal, mas nunca deixei de apoiar a cena de alguma forma. Tudo bem, tem momentos na vida que temos que dar um tempo em nossos projetos, devido família, filhos, e tal, mas logo que dá, voltamos a fazer os projetos pois sou bastante viciado nisto.

 

Metal Clube - O Heavy Metal online chega em 2014 com mais de 40 edições, todas divulgadas exclusivamente pela internet e com espaço para as bandas brasileiras. Fale-nos um pouco sobre o surgimento do trabalho e as adaptações necessárias para o seu devido aperfeiçoamento.

 

Clinger Carlos - Eu já tinha isto em mente, mas não tinha noção como fazer, assistia o Fúria Metal e tinha um programa de radio na época em minha cidade e sempre sonhava em fazer.

 

Então eu fiz um estágio em uma TV universitária aqui da cidade e vi como os caras faziam, como editavam e o que usavam e a partir daí já era, comprei uma pequena câmera e baixei os programas na net e tudo começou. No inicio eu errei muito, mas nunca deixei de colocar no ar, sempre que gravo uma entrevista ela vai para o ar e não serão problemas que irão me impedir a colocar no ar.

 

Tenho isto como objetivo. Falando em objetivos, gosto sempre de ressaltar alguns para entenderem o que realmente é o Heavy Metal On Line. Dentre eles quero divulgar o movimento underground nacional, não quero ficar expondo minhas idéias no programa, o que penso, quem está certo, quem ta errado, não gosto também de ficar dando um clima engraçado ao programa, para enquadrar aos moldes da internet, e por aí vai.

 

Metal Clube - Boa parte dos veículos ligados ao Metal não possuem fins lucrativos e todo o trabalho é voluntário, sendo assim com o Heavy Metal online. O que você pensa sobre isso? Até que ponto todo esse esforço seja a ser compensatório em seu ponto de vista?

 

Clinger Carlos - Ao ponto de me satisfazer pessoalmente, só isto, faço porque gosto mesmo. Levo até 24 horas de trabalho até colocar uma edição do programa no ar, mas para mim tudo bem. Mas também quero ser claro aqui, nada me desmotiva, muitas bandas que coloco no programa nem assistem, nem compartilham a edição, dou destaque a alguns eventos que também não recebo nem um muito obrigado das pessoas envolvidas, mas f*****, nunca desisti do metal nacional e nem por isto irei parar.

 

Tem neguinho metido a gringo também que critica o inglês das entrevistas, mas cara, para mim nada me desmotiva de fazer o meu trabalho. Me sinto um cara realizado dentro da cena, faço o meu trabalho e não sou ovelha no rebanho de ninguém, não adianta me incluir em grupos, seitas, grupos que criticam certas bandas ou eventos, estou fora não faço nada disto, sigo meu caminho com meus pensamentos sem seguir a cabeça de ninguém.

 

Metal Clube - Inúmeros nomes nacionais já passaram pelo Heavy Metal online em todo esse período. Como você avalia a qualidade das bandas que vêm surgindo ou conseguindo destaque na cena por aqui? Algum ponto a melhorar para uma cena cada vez mais coesa?

 

Clinger Carlos - Sempre achei a cena metal muito boa, e para dizer a verdade não mudou muito dos anos 90 pra cá, os tempos mudaram e a coisa continuou andando, lógico que bandas acabaram e bandas surgiram, mas não mudou muito, sempre tem gente boa, recebo muitos CDs e fico vendo como tem banda fazendo coisa boa por aqui.

 

"Quero divulgar o movimento underground nacional"

 

 

Sou um cara que escuto um cd e não fico tentando achar com quem a banda se parece, tenho a mente aberta para isto. Ficar comparando é para quem tem mente fechada, tem que ouvir e extrair o que a banda tem de bom, por mais que não goste, mas tem que entender o trabalho da banda, eu sempre faço isto. Chego em casa todos os dias e coloco CDs de bandas nacionais para ouvir, as vezes vou repetindo certas musicas, vejo as letras no encarte e pra mim é como se fosse uma análise que a banda merece ter, porque aquele cara que me enviou o cd dele, ralou pra gravar, pagou caro por isto e ainda colocou o cd num envelope foi até o correio e mandou para mim, isto para mim é tudo.

 

O cara confiou em mim e no meu trabalho, então preciso ouvir com calma e fazer uma boa divulgação para compensar a banda por todo o trabalho realizado.

 

Metal Clube - Muito se questiona sobre a importância da internet nos dias de hoje para o Heavy Metal e alguns músicos a consideram prejudicial para a cena. Como você avalia essa questão, uma vez que o Heavy Metal online faz parte de todo esse contexto?

 

Clinger Carlos - Eu faço parte do contexto, mas do meu jeito, pode ver no meu facebook, não tenho amigos fora da cena metal nele, não entro em bate boca, nem fico colocando noticias para prejudicar ou causar polêmica, quando vejo posts sobre política, religião nem curto, passo a frente e não dou importância para isto.

 

Na época das manifestações eu não dei nem um curtir em nenhuma post de protesto, estou fora disto. Uso a internet para o meu programa: é muito útil, uma bela ferramenta, sempre conheço pessoas e principalmente recebo muitos elogios pelo meu trabalho através dela.

 

Eu sei usar a ferramenta e vejo muita gente sendo engolida pelas redes sociais e se expondo de maneira que o prejudica em sua vida profissional e pessoal.

 

Metal Clube - Agradecemos a atenção. O espaço é seu!

 

Clinger Carlos - Talvez minha mensagem final seja esta, que citei acima, não faço parte de rebanho nenhum, não me inclua em questões ligadas a deus, nem ao diabo, nem em grupos que falam mal de pessoas, bandas, etc. Estou muito velho para isto.

 

Eu por exemplo não apoio bandas de White metal em meu programa, nunca gostei desta turma, desde a época que era só o Mortification que se enquadrava neste seguimento, mas também não vou ficar perdendo meu tempo agredindo este povo, que nem sei quem é.

 

Prefiro gastar meu tempo para apoiar as bandas que estão ai batalhando na cena.Quero dizer também que fico muito grato por pequenas coisas, quando músicos chegam pra mim e me entregam um cd de sua banda ou quando um produtor me credencia num evento, fico muito agradecido, não pelo valor das coisas, mas sim pelo sentimento de reconhecimento do trabalho, sendo que aquelas pessoas provaram que acreditam no Heavy Metal On Line.

 

Agora já passei por situações de pessoas serem entrevistadas por mim e não me presentear com um cd de sua banda ou até mesmo pessoas que já estiveram no programa me verem em shows e não me cumprimentarem, mas para mim tudo bem, como disse nada me desmotiva, nada me tira o foco e nada me impedirá desenvolver meus trabalhos em prol do metal nacional, sempre foi assim e sempre será! Grande abraço a todos!

 

 

Assista o Heavy Metal Online – edição 49:

Temos 457 visitantes e Nenhum membro online

LEITURA SUGERIDA:

GRID LIST
Discos

Zombie Cookbook - Cine Thrash

Uma proposta inovadora tem chamado a atenção dos apaixonados por música pesada! Estamos…
Shows e Festivais
Shows e Festivais

Megadeth: São Paulo

O Megadeth, banda que definitivamente é Dave Mustaine (vocalista, guitarrista, líder e…
Entrevistas
Vídeos e Artistas

Daniel Piquê - 1960

O guitarrista mineiro DANIEL PIQUÊ, que se encontra em pleno processo de divulgação do…
Artigos

Você conhece a Galeria do Rock de BH?

Escrito por: Rafael Oliveira Considerada por muitos como o pólo da cultura do rock em…